A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

Taylor Swift tem alcançado grande êxito com seu álbum surpresa “folklore”. Com total força nos streamings, o projeto conquistou a melhor semana de estreia de um álbum neste ano de 2020 no Spotify, somando 337.4 milhões de reproduções e superando o “YHLQMDLG”, do cantor de reggaeton Bad Bunny, detentor anterior da marca com 337 milhões de reproduções na plataforma.

Esse número gigantesco de reproduções no Spotify colocou o “folklore” como o álbum feminino com a segunda melhor estreia na história do Spotify, ficando atrás somente do “thank u, next”, de Ariana Grande, que terminou sua semana de estreia com 374.9 milhões de reproduções.

Com o imenso sucesso do “folklore”, além dos recordes e alcances no Spotify, Taylor Swift também pode comemorar outros marcos em seu trabalho.

Com o lançamento do disco direto no topo da parada britânica, a estrela agora empata com Madonna Lady Gaga como as cantoras com o maior número de álbuns em primeiro lugar no Reino Unido neste século, total de 5.

Além da melhor estreia em streamings, o “folklore” só necessitou de uma semana para se tornar também o álbum mais comercializado (em vendas padrões – físicas ou digitais) neste ano de 2020 e é o sétimo disco consecutivo de Taylor a alcançar o topo da Billboard 200.

Com esse feito, Taylor Swift se iguala ao BTS como os únicos artistas a terem um álbum a ultrapassar a marca de 500 mil cópias (fora os streamings) neste ano nos Estados Unidos.

Após a gravadora de Taylor, Republic Records, revelar no começo desta semana que o álbum vendeu mais de 1,3 milhão de cópias somente em um dia, a Variety anunciou que “folklore” venderá mais de 2 milhões em uma semana de lançamento.

LEIA TAMBÉM: Neta de Elvis Presley faz tatuagem em homenagem ao irmão falecido

Com sucesso de crítica do “folklore”, Taylor Swift foi indicada em cinco categorias do Video Music Awards 2020. São duas indicações à faixa-título do álbum “Lover”, e três para o single “The Man”. Quanto poder, não?

Capa Vinil Taylor Swift (FOTO: Reprodução)