A cantora Taylor Swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Divulgação)

No mês de agosto do ano passado, a cantora norte-americana Taylor Swift venceu um processo por assédio sexual contra o radialista David Mueller. A pena do culpado foi simbólica: o radialista teria que pagar uma multa no valor de um dólar, já que a cantora desejava apenas justiça e não dinheiro.

Agora, durante a passagem da “Reputation Tour” pela cidade de Tampa na Flórida, nesta terça-feira (dia 14), Taylor Swift se emocionou ao lembrar do incidente.

VEJA TAMBÉM: Traficante de Demi Lovato já teria sido preso anteriormente

“Um ano atrás eu estava em Denver, Colorado, para um caso de assédio sexual”, iniciou a cantora. “E neste dia, um ano atrás, foi o dia que o júri decidiu ao meu favor e disseram que acreditavam em mim. Acho que eu só penso nas pessoas que não foram acreditadas, que não tem sido acreditadas e pessoas que têm medo de falar porque acham que não serão acreditadas.”

E eu só quero dizer que sinto muito pra todo mundo que não foi acreditado porque eu não sei para onde a minha vida teria ido se as pessoas não tivessem acreditado em mim quando eu disse que algo aconteceu comigo. Eu só quero dizer que temos muito muito mais caminho a percorrer e eu sou agradecida a vocês por estarem do meu lado durante o que foi uma verdadeira parte horrível da minha vida”, finalizou Taylor Swift.

De acordo com a revista People, depois do emocionado discurso de Taylor Swift, muitos fãs levantaram notas de um dólar, quantia simbolicamente paga pelo radialista após ele ter sido considerado culpado no caso de assédio sexual contra a artista.