A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

A cantora norte-americana Taylor Swift retirou nesta quarta-feira (16) todas as músicas de seus seis primeiros álbuns da playlist “Taylor Swift Complete Collection”. Os trabalhos removidos foram lançados pela gravadora Big Machine Records. O restante das músicas gravadas desde 2018, sob o selo da Republic Records, continuam disponíveis na playlist.

Na época da mudança de gravadora, a artista ficou impedida de comprar os direitos de suas “masters”. Ela tinha os direitos autorais, mas os direitos fonográficos ficaram com a gravadora. Posteriormente, o empresário e desafeto da artista pop, Scooter Braun, comprou a Big Machine Records.

VEJA TAMBÉM: Criador de série famosa DETONA participação de Justin Bieber: “Problemático”

Mais recentemente, Scooter vendeu a referida discografia da Taylor pela bagatela R$ 1 bilhão para outra empresa. A cantora até cogitou comprar os direitos de volta, mas desistiu da transação ao descobrir que o ex-empresário continuaria obtendo lucros com o seu trabalho.