Taylor-Swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

Taylor Swift compartilhou no Twitter um cover de “Look What You Made Me Do” que tocou na série “Killing Eve”. Ela disse que estava “muito empolgada” com a nova versão da música. Mas a verdade é que a faixa tem produção de Nils Sjoberg  seu conhecido pseudônimo. Tudo não passa de uma estratégia para driblar Scooter Braun e a Big Machine Records.

Ouça o cover:

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Entenda: a Big Machine Records lucra com as gravações originais de Taylor Swift até o álbum “reputation”. Caso a música, na voz dela, tocasse na série “Killing EVe”, a gravadora e o empresário Scooter Braun ganhariam em cima disso. Taylor que não é boba, colocou outra pessoa pra gravar a música.

Está outra pessoa possivelmente seja seu irmão, Austin Swift. O cover é creditado a uma banda chamada Jack Leopards and The Dolphin Club, mas essa banda não existe. Não tem nenhuma outra música lançada. De acordo com a revista NME, fãs da cantora lembraram que a conta de Austin no Twitter já foi nomeada The Dolphin Club uma época.

Taylor Swift dribla Scooter Braun

Resumo da história: Taylor Swift regravou “Look What You Made Me Do” na voz do irmão para que a Big Machine Records não lucre nenhum centavo com a execução na série “Killing Eve”. Quando ela deixou a gravadora, não deixaram que ela comprasse os direitos de seu próprio catálogo. Depois, ações da empresa foram vendidas para Scooter Braun – um inimigo da cantora, que afirma ter sido vítima de bullying por parte dele. Com a venda, o inimigo se tornou proprietário dos direitos das “masters” da Taylor Swift tendo posse das gravações originais.