Timidez? Encontro entre Beatles e Elvis Presley não saiu como esperado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elvis Presley é considerado um ídolo por muitos cantores, incluindo os Beatles. Mas, o que pouca gente sabe é que os astros da música chegaram a se encontrar – e nada saiu como eles esperavam.

Lennon e McCartney sempre apontaram o Rei do Rock como a principal inspiração na época em eram jovens. Mas, até o ano de 1965, a única maneira que ambas as partes se viram havia sido pela televisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tudo mudou quando o americano convidou o conjunto britânico para visitar sua enorme mansão de Graceland, propriedade da família Presley até os dias de atuais.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Em entrevista ao Express, Priscilla Presley, ex-esposa de Elvis, contou detalhes do momento: “Lembro-me de [os Beatles] serem todos muito tímidos e não saberem bem o que dizer e, claro, idolatravam Elvis”, recordou.

O assessor de imprensa dos ingleses, Tony Barrow, confirmou o relato. Ele contou em entrevista que a aguardada reunião “não começou bem” devido ao clima de bloqueio que a idolatria trouxe aos garotos, que tentavam consertar as coisas com piadas irônicas: “Com as palavras, eles não tinham muito a dizer”, disse Barrow.

Priscilla revelou que John Lennon ainda deixou as coisas um tanto quanto bizarras por não conseguir tirar os olhos do ídolo: “Lembro-me de John [Lennon] apenas olhando para ele e olhando para ele e isso deixou Elvis desconfortável”.

No entanto, o Rei do Rock logo teve uma ideia para deixar os rapazes mais relaxados: pediu que os funcionários da mansão buscassem guitarras para que os ingleses conhecessem os instrumentos e tocassem junto a ele.

Ringo Starr, que tocava instrumentos de percussão nos Beatles, preferiu jogar cartas com alguns assistentes de Elvis, mas Paul, John e George compartilharam alguns momentos musicais com o astro.

Segundo Barrow e Priscilla, superado o clima tenso, “a conversa fluiu”. A ex-esposa de Elvis também recordou fascínio do grupo: “Elvis pegou sua guitarra e começou a tocar. Eles estavam fascinados por ele. Foi cativante”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio