rbd
A banda mexicana RBD (FOTO: Reprodução)

Tendo acabado em 2009, o RBD foi um fenômeno sem igual e ainda possuiu uma legião de fãs.

Aqui no Brasil, boa parte da discografia da banda já podia ser ouvida no Deezer e sempre era colocada e retirada do Spotify por conta dos direitos autorais.

Mas aparentemente, a Televisa e a Universal Music chegaram a um consenso e decidiram liberar para todas as plataformas na primeira semana de setembro o catalogo completo.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry faz a apresentação mais bonita de toda a quarentena

Além disso, o canal no Youtube do grupo foi verificado como oficial.

FOTO: Reprodução

A conta RBD Maniaco disse: “Há algumas semanas estamos em off junto ao produtor @renato_ronner tentando comprar os direitos do grupo”.

“Renato Ronner teve agora uma conversa por telefone com o diretor musical da Televisa, sr Hector. E ele confirmou que Universal e Televisa entraram em um acordo”, contou.

Na web, os fãs comemoram a vitória: “E algo bom acontece em 2020”; “Era o que eu mais sonhava”; “Ai que notícia boa”; “Eu não tenho nem roupa para esse evento”; “Finalmente os mimos!!!”.

O RBD conta com seis álbuns de estúdio, três álbuns ao vivo e seis coletâneas.