Treta! Irmão de Mariah Carey processa a artista por difamação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira (3), o irmão mais velho de Mariah Carey processou a cantora por conta de sua autobiografia, “The Meaning of Mariah Carey”, que foi lançada recentemente. Ele acusa acusa a estrela de difamação e de ocasionar sofrimento emocional.

Morgan Carey afirma que os relatos de atitudes violentas dele, que foram descritos no livro da cantora, mancharam sua reputação. De acordo com os documentos do processo, obtidos pelo site TMZ, ele cita duas passagens do livro como provas da difamação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira os trechos:

“Foram necessários 12 policiais para separar meu irmão e meu pai. Homens grandes, todos emaranhados como um furacão, invadiram de forma barulhenta a sala de estar. Eu era uma garotinha com poucas memórias de um irmão mais velho que me protegia. Com frequência, eu sentia que eu tinha que me proteger dele e às vezes eu me encontrava também protegendo minha mãe dele.”

“Meu irmão empurrou minha mãe com tanta força que seu corpo bateu na parede, fazendo um barulho alto de quebrado.”

(FOTO: Reprodução/TMZ)

VEJA MAIS: Katy Perry surge de maiô pela primeira vez após dar à luz; confira!

No processo, ele também alega que Mariah acabou se contradizendo no próprio livro.

Isso porque, depois de dizer que o irmão era violento com a mãe e o pai, a cantora escreveu que, certa vez, sua mãe falou que “Morgan era o único [filho] que ela amava”.

Vale lembrar que a irmã de Mariah, Alison Carey, também está processando cantora por causa dos relatos descritos no livro. Na obra, a artista diz que teve uma infância difícil e lamenta pela mãe ter confiado seus cuidados à irmã, que era abusiva e fazia uso de drogas.

De acordo com o site TMZ, Alison pede US$ 1,25 milhão (cerca de 7 milhões de reais na cotação atual).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio