Troye Sivan Charli XCX
(FOTO: Reprodução)

A cantora norte-americana Charli XCX divulgou nesta sexta-feira (dia 5), uma parceria inédita com Troye Sivan intitulada “1999”. Com letra nostálgica a música tem divertidas batidas eletrônicas e resgata temas ligados aos anos 90.

“Eu só quero voltar, de volta a 1999, fazer um passeio até meu antigo bairro”, canta a dupla, “Eu só quero voltar, cantar ‘Hit me baby, one more time’”, afirma a letra em referência à antológica música de Britney Spears.

VEJA TAMBÉM: Escute “Não Para Não”, o novo álbum em estúdio de Pabllo Vittar

Os figurinos da capa do single, aliás trazem uma referência clara a um dos maiores clássicos da história do cinema, o filme “Matrix” lançado justamente em 1999. Confira abaixo:

Troye Sivan revela como foi a experiência que teve com um internauta pedófilo

O cantor Troye Sivan comentou a experiência que teve com um internauta pedófilo, durante uma entrevista ao jornal matinal “The Sydney Morning Herald” na TV australiana. O acontecimento inspirou uma das músicas do novo álbum do cantor, que foi lançado em agosto.

O artista decidiu abordar o fato, inspirado pelo movimento #MeToo, em que artistas revelam situações de assédio vividas nos bastidores da indústria de entretenimento. “Eu era tão ingênuo sobre tudo e sobre a indústria”, contou o cantor, que atualmente tem 23 anos, “Eu não tinha ideia de como verificar se alguém era [um profissional] legítimo ou não” explicou.

VEJA TAMBÉM: Escute a trilha sonora de “Star is Born”, o musical estrelado por Lady Gaga

De acordo com o artista, um homem mais velho se aproximou dele pela web, lhe fazendo algumas promessas e afirmando trabalhar na indústria musical. Como Troye Sivan costumava postar vídeos cantando no Youtube almejando a carreira artística, o internauta teria se aproveitado da situação. “Ele prometeu o mundo para mim e, então, quando nos aproximamos de forma completamente inadequada, você sabe, tudo mudou de repente. Foi super esquisito”. O contato entre o cantor e o homem foi feito por videoconferência no Skype, e não teria durado muito. Logo depois Troye Sivan contou a experiência para seus pais e se afastou do falso executivo da indústria.

Depois de anos, o artista voltou a encontrar o cara por acaso nas ruas de Los Angeles e descobriu que não havia sido a única vítima do pedófilo. Outros jovens haviam caído em suas histórias, iludidos pelas promessas de sucesso.