bts
Os rapazes do grupo BTS (FOTO: Reprodução)

O cantor Jimin, do BTS, revelou um pouco sobre o processo de criação do próximo disco do grupo, durante uma live no YouTube na terça (dia 16). O artista coreano afirmou que segue atuando como coordenador do projeto. Conhecido por sua aptidão com a escrita, o coreano é o responsável por mandar as composições dos integrantes para a Big Hit Entertainment.

O conceito do projeto já teria sido escolhido, mas ele ainda não revela. “Temos nos reunido ultimamente para discutir o assunto. Na última vez, conversamos muito sobre quais assuntos ou ideias seriam bons”, revelou Jimin explicando ainda que ele acredita que suas próprias composições podem não entrar no disco, pois todos os artistas estão compondo e ao que tudo indica com ótimos resultados.

RUMORES E INFORMAÇÕES CONFIRMADAS

O fenômeno do K-pop lançará “Stay Gold”, a faixa-título do seu novo álbum japonês, na próxima sexta-feira. A música será revelada ao público às 18h de 19 de junho, de acordo com um anúncio publicado no site do fã-clube japonês oficial da banda. “Stay Gold” também faz parte da trilha sonora de uma série de TV japonesa, “The Spiral Labyrinth-DNA Science Investigation”.

O drama estava programado para ser exibido em abril, mas sua estreia foi adiada por tempo indeterminado devido à pandemia da COVID-19 assim como a turnê do grupo. Em 15 de julho, o BTS lançará seu quarto disco japonês álbum intitulado “Map Of The Soul: 7 – The Journey”. O álbum de 13 faixas terá músicas japonesas originais, como “Stay Gold” e “Your Eyes Tell”, e as versões japonesas de músicas anteriores do grupo, incluindo “ON”, Boy With Luv “e” Fake Love “. O septeto lançou seu terceiro álbum japonês, “Face Yourself”, em abril de 2018. (Yonhap).

VEJA TAMBÉM: Após ser chamada de cobra por Ludmilla, fãs de Anitta contra-atacam e pedem “ajuda” de Cardi B

A data anunciada pela Amazon é 7 de agosto, período onde a quarentena em diversos países do mundo provavelmente já terá sido flexibilizada possibilitando shows (com as devidas medidas restritivas de segurança).

O que será que vem por aí hein?

via GIPHY