Um dos hits mais sombrios de Billie Eilish de um jeito que você nunca viu

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Billie Eilish definitivamente dominou 2019 e, antes da pandemia, parecia que 2020 estava se formando para ser o ano de Eilish novamente após a cantora ser escolhida pra cantar a música-tema do novo filme do James Bond. Everything I Wanted’, é uma das canções que fez com que fãs e o mundo da música ficassem obcecados com a arte da jovem cantora e com o frescor que ela trouxe à música pop. Dito isto, esta versão da faixa, apresentando apenas os vocais de Eilish, dá nada menos que uma sensação extra de desconforto.

Eilish e seu irmão Finneas começaram a escrever ‘Everything I Wanted’ em 2018, uma época em que ela tinha apenas 16 anos de idade. A canção foi criada originalmente como um mecanismo de enfrentamento de sua depressão que, naquela época, era incontrolável. A gênese da faixa é sombria, mas mostra o poder da música e sua capacidade de criar arte até mesmo dos temas mais difíceis. A canção foi influenciada por um pesadelo onde a cantora morreu por suicídio depois de pular da ponte Golden Gate. Em seu pesadelo, ela testemunhou seus amigos, colegas de trabalho e fãs ignorarem seu falecimento. Mais tarde, ela acordou com a sensação de que apesar de ter conseguido “tudo o que eu queria”, ela ainda se sentia descartável.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Ludmilla se revolta com caso de racismo sofrido por Neymar: “Olham para sua cor”

A jovem recorreu então a seu irmão e produtor extraordinário Finneas por conforto, uma figura que lhe disse que ela precisava “mudar a maneira como se via” e que “eles não a mereciam”. Em uma entrevista ao The New York Times, Eilish disse que ela “estava em um lugar muito ruim mentalmente” enquanto Finneas admitiu que se recusava a escrever uma canção sobre o desespero e lhe disse que ela “nem sempre pode resolver [seus] problemas em uma canção”.

Billie Eilish então o persuadiu, assim como seus pais que também estavam preocupados com o bem-estar dela, dizendo-lhes que escrever a faixa era “a maneira como ela “podia sentir essas coisas sem fazer nada a si mesma”. Entretanto, quando eles começaram a trabalhar na canção, o assunto mudou para um tema de apoio mútuo e de união, em vez de ser um final sombrio.

Ouça seus vocais isolados e assombrosos em “Everything I Wanted”, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio