valesca popozuda
A cantora Valesca Popozuda (FOTO: Divulgação)

Valesca Popozuda desabafou nas redes sociais nesta quinta-feira (5), sobre a morte do menino Miguel, que caiu do nono andar do prédio em que a mãe trabalhava, em Recife.

Em seu Twitter, a cantora disse, que assim como Miguel, ela também acompanhava a mãe no trabalho e revelou dificuldades que a mãe teve na época em que era empregada doméstica:

“Tem um trecho do meu livro que eu conto quando minha mãe era doméstica e precisava me levar com ela, era o único momento do dia que a gente tinha a refeição”, relatou a cantora.

“E um dia uma ex patroa dela reclamou que minha mãe iria fazer dois pratos, naquele dia minha mãe não almoçou, apenas eu almocei…”, desabafou.

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

A artista afirmou que fica revoltada ao ler críticas a mãe por ter levado o menino Miguel para o trabalho:

“Quando eu vejo pessoas argumentando porque a mãe do Miguel levou ele, eu lembro da minha mãe que não tinha com quem me deixar, ela precisava me levar, e eu ajudava minha mãe com 8 anos a fazer faxina pra que ninguém reclamasse que eu estava lá”, revelou.

Valesca Popozuda finalizou dizendo como mudou a vida da mãe conforme foi crescendo no cenário artístico:

“Quando eu fiz sucesso, e pude tirar minha mãe da casa dos outros eu tirei, falei pra ela: A partir de hoje a senhora não trabalha mais pra ninguém, não precisa mais disso! Graças a Deus até hoje consigo manter ela em casa, agora ela tá se curando de um câncer e eu cuido dela”, relatou.

Veja: