O velório do músico MC Sapão, falecido nesta sexta-feira à tarde em decorrência de um forte quadro de pneumonia, será realizado na tarde deste sábado no cemitério da Penitência, no Caju, região central do Rio de Janeiro. O velório terá início às 15h e o sepultamento acontecerá às 16h15. De acordo com um comunicado enviado pela assessoria, amigos e também fãs poderão se despedir do cantor. A pedido da família, não serão autorizados a entrada de veículos de imprensa na cerimônia visando a “preservação dos filhos que são menores de idade e os familiares nesse momento de intimidade”. O artista deixou a mulher Alessandra e quatro filhos: Pedro, de 15 anos, Kevin, de 12 anos, Odara, de 10, e Brisa, de 7.

MC Sapão, dos hits “Vou Desafiar Você” e “Tô Tranquilão”, morreu no Rio de Janeiro após permanecer internado por nove dias com um grave quadro de pneumonia e insuficiência cardíaca. Jefferson Fernandes Luiz, nome de Sapão, seguia internado no Hospital Municipal Rocha Faria em Campo Grande, na zona oeste da capital fluminense, e chegou a ser transferido para o Hospital dos Servidores, no Centro do Rio, mas acabou não resistindo.

VEJA TAMBÉM: Adele se separa do marido após oito anos juntos

Sapão seguia em turnê e, de acordo com a assessoria do cantor, o músico teria contraído pneumonia durante as viagens. O funkeiro atualmente trabalhava na divulgação do single “Deixa Ela Dançar”, um funk com melodia reggaeton gravado em parceria com o cantor e compositor venezuelano Labarca e lançado em fevereiro.

MC Sapão era uma das atrações confirmadas da próxima edição do Rock in Rio, onde se apresentaria no palco Sunset, no show Funk Orquestra, com as presenças de Ludmilla, Fernanda Abreu e Buchecha no dia 5 de outubro.

TRAJETÓRIA

“Eu canto, só assim os males vou espantando / Com fé em Deus e esperança se acalmando / Pois tudo passa”. Os versos acima são da canção “Eu Sei Cantar”, música composta por MC Sapão ainda na prisão e gravada pelo funkeiro no álbum “Papo de Futuro (2000)”. As palavras certamente significavam muito para Sapão ou para Jefferson Diniz Gonçalves (12 de novembro de 1978 – 19 de abril de 2019) seu nome de batismo.

Falecido aos 40 anos de idade nesta tarde no Rio de Janeiro (RJ), vítima de um quadro de pneumonia, Sapão definitivamente tinha um futuro nos 2000 como aponta o jornalista do G1, Mauro Ferreira. Foi naquele ano quando, após ter saído da prisão, o músico gravou a música “Eu Sei Cantar”, primeiro sucesso da carreira que tinha começado há dois anos apenas.

Quase duas décadas depois, Sapão entra hoje para a historia do funk carioca. Em atividade desde 1998, o artista conseguiu projeção nacional graças ao gênero funk, cujo as batidas desde a década de 90 ressoam com força na favela carioca Nova Brasília, no Complexo do Alemão, onde MC Sapão nasceu há 40 anos atrás.

VEJA TAMBÉM: Alexandre Frota é condenado a pagar 50 mil reais a Gilberto Gil

Em 2001, as rádios chegaram a tocar “Eu Sei Cantar”, pela forte pegada pop da gravação. Cinco anos depois, já em 2006, o hit “Tô Tranquilão” acabou dando maior projeção a Sapão, que, naquela altura da carreira, praticamente não era mais lembrado pelo fato de ter sido preso no fim dos anos 90. O músico havia sido acusado de associação com o tráfico e acabou sendo absolvido pela falta de provas.

Alguns contratempos de saúde e músicas de menores acabaram atrapalhando a trajetória do artista. Corajoso, Sapão vinha fazendo nos últimos anos parcerias com nomes da atual cena do funk para não perder o timing e tentar se manter relevante nos bailes populares do gênero.

VEJA TAMBÉM: Fãs protestam e conta de Cristiano Araújo no Instagram é reativada

Na regravação de Rei do Baile, música que compôs em parceria com Batutinha e que lançou em 2012, Sapão se juntou com Mr. Catra (e o então badalado MC Guimê) numa releitura lançada em 2015 com grande repercussão nas redes sociais.

Em dezembro de 2014, MC Sapão voltou a tocar nas rádios com a acelerada “Vou Desafiar Você”, canção composta por ele que se tornou um dos seus maiores sucessos na carreira. O videoclipe que foi lançado no mesmo dia da música, mostra Sapão cantando e dançando em uma batalha de dança entre dançarinos de todos os tipos.

Já em 2018, Sapão decidiu se unir ao DJ e produtor fluminense DJ Dennis no single “Logo Agora”, lançado em julho do ano passado. Já neste ano de 2019, o funkeiro se juntou ao latino Labarca, cantor venezuelano de reggaeton, no single “Deixa Ela Dançar”, lançado em março. Apesar deste flerte com a música latina, será mesmo pelos batidões cariocas pelas quais o músico será lembrado no futuro.