Advogado de Lil Loaded sugere que rapper cometeu suicídio

O rapper Lil Loaded faleceu aos 20 anos

Publicado em 1/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O rapper Lil Loaded, cujo nome verdadeiro era Dashawn Robertson, morreu nesta segunda-feira (31). A causa ainda não foi determinada, mas segundo o advogado do artista, ele provavelmente tirou a própria vida.

Em comunicado, o advogado Ashkan Mehryari declarou: “Infelizmente, o Sr. Robertson faleceu hoje cedo como resultado de um suposto suicídio”, escreveu ele em um comunicado. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A morte do rapper foi divulgada pelo escritório do legista do condado de Dallas, que confirmou que Dashawn Robertson faleceu aos 20 anos.

Lil Loaded assinou com a Epic Records após fazer sucesso com a música “6locc 6a6y” em 2019. O hit acumula mais de 25 milhões de visualizações no YouTube, além de ter sido certificada com disco de ouro pela Recording Industry Association of America na semana passada.

A morte aconteceu um dia antes da data em que ele precisava comparecer ao tribunal para uma audiência relacionada às acusações de homicídio culposo. O rapper enfrenta a acusação desde o ano passado, inicialmente sendo acusado de homicídio doloso antes de ser reduzido a homicídio culposo. 

Lil Loaded deixou uma mensagem de despedida

O rapper ainda fez uma publicação em seu Instagram sobre a certificação e escreveu que tinha “os fãs mais incríveis do planeta”.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

E em seu último Stories, Loaded deixou uma espécie de mensagem de despedida, carregada de espiritualidade e direcionada para Deus. “Eu peço a entrada em seu reino. Apesar de todos os meus erros, sei que você ama todos os seus filhos e estou pronto para que meu coração e minha alma se juntem a você”, ele disse.

O advogado do artista, Ashkan Mehryari, disse que a morte dele foi “muito trágica” e que não esperava por isso. Ashkan ainda contou que a gravadora acreditava muito no rapper e que investiram pesada em seu sucesso. “Ele tinha uma carreira musical muito brilhante e promissora pela frente”, o advogado contou.

Stanley Gabart, cuja produtora trabalhava com a gravadora do rapper, disse que a morte do rapper foi um choque. “Esse garoto estava em um ótimo caminho”, contou. Ele estava lutando com algumas coisas que gostaríamos de saber, gostaria de ter intervindo e para chegar a um resultado diferente”, ele disse.

Lil Loaded foi preso no ano passado sob acusação de assassinato em conexão com o assassinato de seu melhor amigo, o jovem Khalil Walker, de 18 anos. O rapper foi indiciado pela menor acusação de homicídio culposo em fevereiro e o advogado do artista disse na época, que não havia malícia no incidente.

Os registros do tribunal ainda indicavam que o rapper estava em liberdade sob fiança, e que havia uma audiência marcada na próxima terça-feira. Porém Ashkan Mehryari relatou que a audiência era apenas uma advertência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio