Vitão lança clipe para música em que cita Ivete Sangalo e Seu Jorge; veja

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Transitando pelo R&Bhip-hop, samba, pagode, bossa nova e pop, Victor Ferreira, conhecido como Vitão, é um dos principais cantores e compositores da nova geração. Depois da era “Ouro” – nome do primeiro álbum de estúdio do cantor que conquistou 130 milhões de streams e teve nove faixas no TOP 200 do Spotify Brasil na semana de lançamento – além de várias parcerias de sucesso, o cantor traz agora “Pensa”, primeiro single solo de 2021, que já está disponível em todas as plataformas digitais. Seu respectivo vídeo, também disponível, pode ser assistido diretamente no canal do cantor, no YouTube.

(FOTO: Divulgação/Créditos: Fabrizio Toniolo)

Com composição de Vitão e Los Brasileros, “Pensa” marca uma nova fase do artista, que quer trazer assuntos diferentes, baseados no que viveu durante o último ano. “O objetivo dessa música é passar a mensagem de que devemos agir mais com o coração e não cair em armadilhas que nossa cabeça monta. O último ano foi de muito aprendizado, então resolvi escrever essa música como uma mensagem para mim também. Pela primeira vez, escrevi uma música que dizia o que eu queria que me falassem em alguns momentos que passei”, conta Vitão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Abraçando essa ideia, o clipe, que teve direção de Phill Mendonça e realização da produtora Clã Filmes, traz muitas representações poéticas, em cenários cercados por natureza. O roteiro do clipe surgiu depois de uma conversa entre Phill e Vitão, em que o cantor explicou toda sua inspiração para a letra de “Pensa” e deu detalhes sobre sua vida, o que estava passando, quais os caminhos que queria seguir. “Eu tinha adquirido muito aprendizado e estava em um processo de transformação. Contei tudo isso pro Phill, que já era alguém que eu queria trabalhar há um tempo”, explica o cantor.

(FOTO: Divulgação/Créditos: Fabrizio Toniolo)

Mergulhada em conceitos, a produção contou com dois grandes momentos: a balsa e o jardim. A balsa, segundo Mendonça, representa a evolução: “A balsa é o quarto dele, o local onde se sente mais seguro. A ideia de trazer esse cômodo sem paredes, com uma vela, é mostrar que agora, neste local de segurança, ele está guiando sua própria vida, seu mundo”. O coração na vela, pintado pela artista plástica Mariana Cristan, mostra que, às vezes, é preciso deixar o coração te guiar. E, por último, o jardim, que representa a transformação. “Ele está cuidando e colhendo sentimentos bons dele. As borboletas, no final, são a simbologia de se transformar, se permitir ter asas e voar”, acrescenta o diretor.

Assista:

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio