Vitão libera performance ao vivo e potente de “TAKAFAYA”

Novidade faz parte da série “Vitão Sessions”

Publicado em 30/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vitão segue a todo vapor com a divulgação de “TAKAFAYA”, primeira música que ele assina também como produtor. Em seu canal no YouTube, o cantor disponibilizou um vídeo ao vivo de seu mais novo single.

A performance, divulgada no último sábado (28), faz parte da série “Vitão Sessions”, que conta com interpretações intimistas do artista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira:

Recentemente, em seu canal do YouTube, o cantor liberou o vídeo “Abrindo a Sessão”, que mostra toda a montagem da produção da faixa.

Com letra de Vitão, “TAKAFAYA” é produzida por Vitão ao lado de Pedro Dash e Dan Valbusa. No vídeo, o cantor revela que a faixa foi gravada em um quartinho de sua casa assim que a compôs. Ele diz que a música pode ser dividida em três partes: a primeira é mais melancólica, com questionamentos e desabafos, a segunda é marcada por protesto e desespero, enquanto a terceira é mais descontraída.

Ele também falou sobre o conceito por traz do single: “É meio que uma mensagem também de como a gente pode às vezes transformar coisas e enxergar as mesmas coisas de pontos de vistas diferentes, como a gente pode transmutar as coisas realmente, dependendo do ângulo que a gente olha elas, dependendo de como a gente recebe mesmo as coisas da vida.”

Ao final, o paulista mencionou alguns colaboradores e amigos que o ensinaram bastante sobre produção musical. Além de Dash e Valbusa, creditados em “TAKAFAYA”, ele citou Douglas Moda e Marcelinho Ferraz.

Vitão adiantou que seu novo álbum contará com outras músicas produzidas por ele. “Se você tem vontade de aprender a produzir, aprender a escrever, aprender a tocar, não perca tempo, porque isso te dá muita liberdade de vida mesmo, de poder até se entender. A música funciona como um espelho, muitas vezes”, refletiu.

Qual significado da nova música do Vitão?

“Takafaya” nasceu em um dia de imersão em casa, quando o artista estava sozinho e ganhou esse nome a fazer associação a “tacar fire (fogo)”. “No começo, o nome veio como uma brincadeira, assim como uma parte da letra, mas durante o processo de escrita, acabei entrando em uma reflexão um pouco maior e levando o conceito para um outro lado”, explica Vitão. Mesmo com alguns versos românticos, a canção está carregada de críticas e faz alusão ao processo de renovação. “Às vezes é necessário deixar queimar coisas tristes para poder se transformar em algo diferente, mais forte, como uma fênix. ‘takafaya’ é sobre isso e sobre a estrada da vida”, completa o artista. 

Dentro deste universo, o cantor decidiu dividir a música em três momentos diferentes: o primeiro, de uma forma mais melancólica; o segundo, que demonstra a indignação, em que ousou ao optar em incluir uma parte de rap na canção, diferente de seus últimos trabalhos; e o terceiro, que é um momento mais feliz, de deixa a vida levar. “Resolvi incluir o rap principalmente porque entendo que ele tem esse traz mesmo essa ideia de transformar indignação em luta, de forma mais forte”, explica. 

Nos versos em questão, Vitão faz uma crítica ao machismo estrutural, mais um assunto que ele viu de perto nos últimos tempos. Ele fala sobre como as mulheres sofrem nas mãos de alguns homens e depois ainda escutam críticas de quem deveria protegê-las, como a polícia, por exemplo. Além disso, também comenta sobre as pessoas não aceitarem quem ele é. “Eu já me podei bastante depois de tudo que aconteceu, tentei ficar mais recluso. Com o tempo, entendi que não deveria ser assim, pelo contrário, eu nasci assim, não preciso mudar porque alguém na internet disse algo pra mim. É preciso “tacar fogo” nisso tudo e nascer de novo”, pontua o cantor. 

Levando tudo isso para as telas do audiovisual, Cauê Tarnowski, diretor do videoclipe de “takafaya”, junto a Vitão, decidiu seguir uma linha mais vintage na gravação, com paisagens diversas e um corte mais quadrado. O clipe foi gravado nos Estados Unidos, onde o cantor conheceu outros artistas e estúdios, expandindo ainda seu networking. 

No clipe, decidiram buscar dois tipos de cenários: locais secos e outros cheios de vida, além de demonstrar exatamente os três momentos da música: melancólico, indignação e felicidade. “A ideia é mostrar esse contraste mesmo, das cinzas para o renascimento. Por exemplo, tanto as cinzas como a vida são decorrentes de um calor, mas se desenvolvem em formas diferentes. Quisemos mostrar isso nas paisagens”, explica Vitão. 

E conseguiram! Com saturação alta, o clipe dá a sensação de quem está em um ambiente quente e recebe um contraste exatamente na parte do rap, em que a produção ganha um filtro preto e branco e mais cenas dentro de locais fechados. Segundo o artista: “Esse trecho do clipe e da música vem para dar um outro ritmo na produção e quisemos colocar isso no vídeo também. Por ele mostrar um período mais intenso e divisório na música, fizemos questão de trazer algo diferente, com cenas mais desconstruídas, cortes diferentes, mostrando mesmo o sentimento. É logo depois dele que vem o núcleo da felicidade, que é a maioria da música, então trazemos um ritmo mais rápido e ambientes mais animados. Acredito que é assim que tem que ser, que temos que dar mais atenção para o lado bom e evoluir. Espero que todos gostem”. 

LETRA:

Eu to de bobeira

Essa noite inteira

Se quiser vem me trombar 

Nem que seja pra conversar

Amanhã viajo cedo

Vamo guardar esse segredo 

Ta me batendo até um medo

De ficar sem teu chamego 

Para de ser bonita assim

Que eu me derreto quando tu olha pra mim

Toda cheirosa de calcinha 

Ta perigosa a madrugada 

Desse jeito coração no peito 

Fica até sem jeito 

Quase para

Andei pensando você 

Deve ta na minha cara

To sonhando com você amor, é tão doce o amor

Eu to de bobeira

Essa noite inteira

Se quiser vem me trombar 

Nem que seja pra conversar

Amanhã viajo cedo

Vamo guardar esse segredo 

Ta me batendo até um medo

De ficar sem teu chamego 

Nossa que absurdo 

Que musa de novela 

Eu vou fazer de tudo 

Querer ficar com ela 

Sou chave chavoso chavequei 

Me pediu chamego chameguei 

Me chamou de nego aí xonei 

Amanhã já sei vou querer replay

To sonhando com você amor, é tão doce o amor

Eu to de bobeira

Essa noite inteira

Se quiser vem me trombar 

Nem que seja pra conversar

Amanhã viajo cedo

Vamo guardar esse segredo 

Ta me batendo até um medo

De ficar sem teu chamego 

FICHA TÉCNICA DA MÚSICA:

Direção: Vitão e Los Brasileros

Mixagem: Marcelinho Ferraz na Head Media

Assistente: Xerife

Master: Will Quinnell no Sterling Sound

FICHA TÉCNICA DO CLIPE:

Direção: Cauê Tarnowski 

Edição e cor: Cauê Tarnowski

Finalização: Rafael Andrade

Produção local: Camila Frade 

Roteiro: Vitão, Cauê Tarnowski e Dave Casali

Direção executiva: Head Media

SOBRE VITÃO: 

Paulista de apenas 21 anos, Vitão possui uma carreira em constante ascensão e soma números impactantes, como 570 milhões de views em seu canal no Youtube, cerca de 5 milhões de ouvintes mensais no Spotify Brasil e outros 5,4 milhões de seguidores em suas redes sociais. Em 2017 lançava seus três primeiros videoclipes, que somam cerca de 100 milhões de views. Dois anos depois, Vitão lançava seu primeiro EP “Vitão” e, em 2020, divulgava seu primeiro álbum de estúdio, intitulado “Ouro”, que conquistou números impressionantes, como mais de 130 milhões de streams e 11 faixas no TOP 200 do Spotify Brasil na semana de lançamento. Em sua carreira, já contou com grandes parcerias, como Anitta, Luisa Sonza, Feid, MC Davi, Projota, Ivete Sangalo e Léo Santana. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio