Vítima de Covid-19, irmã do rapper Criolo morre aos 39 anos

Publicado em 8/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No último sábado (05), morreu a professora Cleane Gomes, irmã de Criolo, em decorrência da Covid-19. Cleane dava aula no CapsArts (Centro de Arte e Promoção Social do Grajaú), segundo o Sindsep (Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo).

Nas redes sociais, a mãe da professora e de Criolo, Maria Vilani, fez uma linda homenagem à filha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O dia mais feliz da minha vida foi o dia que você nasceu. Eu já era mãe de dois filhos, o Clayton e o Kleber, meu grande sonho era ser mãe de menina desde o primeiro parto, mas Papai do Céu presenteou-me com dois meninos maravilhosos, e depois de sete anos você chegou, depois de uma gravidez muito difícil, pois parecia que você não queria vir a esse mundo, mas aceitou a missão para fazer-me feliz. Você chegou por meio de parto normal, o mais suave possível, o parto que menos doeu”, diz o texto publicado no Instagram.

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio