Você sabe o significado do nome de Freddie Mercury?

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Farrokh Bulsara é um nome que, aparentemente, não tem grande potencial para aparecer nos créditos de uma canção de sucesso ou de um espetáculo com milhares de espectadores. É o nome com que nasceu, em Zanzibar, 1946, um homem que se tornaria um dos maiores artistas de todos os tempos. Mas não o conhecemos por esse nome, mas por outro que ainda figura nas listas dos mais importantes: Freddie Mercury.

Depois de passar a infância em seu país natal, seus pais o enviaram para a Índia, para que pudesse receber uma boa educação. Foi aí que o seu primeiro nome, Farrokh, começou a desaparecer. Por vezes assinava seu nome como Frederick e os seus amigos da escola o chamavam de Freddie, uma tradução em inglês de seu verdadeiro nome.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No início da década de 1960, a família de Freddie decidiu mudar para o Reino Unido para escapar da violência na ilha africana. Foi lá que ele começou a se interessar profissionalmente pela música, e fundou várias bandas com as quais começaria a ganhar destaque. A primeira delas foi The Hectics, uma banda amadora de rock.

No Verão de 1969, começou a cantar numa banda de Liverpool chamada Ibex, que teve uma existência efêmera e complicada. Em 1970, a banda Smile cruzou o seu caminho. O amigo de Freddie, Tim Staffell, era vocalista na banda, mas havia acabado de decidir abandonar o grupo. Então, Brian May e Roger Taylor pediram para que Freddie se tornasse o vocalista principal da banda.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Viral com Britney Spears dançando Barões da Pisadinha bomba na web

É nesta parte da história que a aventura musical de Farrokh Bulsara dá uma volta completa e a sua carreira estratosférica começa. Foi Freddie quem insistiu em mudar o nome da banda para Queen. Ao mesmo tempo, mudou o seu nome artístico e começou a se chamar Freddie Mercury

Mercury (ou Mercúrio, em tradução livre) é um nome com muitas interpretações diferentes, e todos pensamos no elemento químico ou no mensageiro dos deuses na mitologia grega. Esse significado precisamente, aparece na canção “My Fairy King”, uma das primeiras gravadas pelo grupo, e que está incluída no álbum homônimo, de 1973.

Essa canção fala de Rhye, um mundo de fantasia criado pelo vocalista, no qual vivem dragões e fadas. Na letra da canção, encontramos os versos: “Mãe Mercúrio, olha o que eles me fizeram”. Numa ocasião, o músico disse que se referia à sua mãe, e essa é a possível razão para ter escolhido esse nome.

My Fairy King foi uma das primeiras canções escritas pelo Queen, com a formação original do grupo. Outras que já eram conhecidas eram outras composições feitas na época em que Freddie Mercury participava em outras bandas. Nela, também conseguimos ver o talento de Freddie ao piano. “Foi a primeira vez que realmente vimos o Freddie trabalhando em plena capacidade. Na época, não tínhamos um piano no palco, por isso no estúdio de gravação Freddie teve a oportunidade de criar com o piano, e de fato, foi muito emocionante”, disse Brian May certa vez.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio