wesley safadao
O cantor cearense Wesley Safadão (FOTO: Reprodução)

O mundo da música e do entretenimento no geral, tem sofrido muito com a quarentena e cancelamento de shows e espetáculos. Diversos cantores como Márcia Felipe e Aldair Playboy, tem desligado temporariamente seus músicos e equipe de trabalho. Já Wesley Safadão optou em não demitir seus funcionários, mas reduziu os salários.

Aldair do hit “Amor Falso”, demitiu seus músicos por não ter condições financeiras para arcar sem ter shows. “Em decorrência da Pandemia do Coronavírus a banda teve suas atividades suspensas, sem qualquer previsão de retorno. Seria difícil manter o pagamento dos salários sem que haja faturamento, assim, não restou alternativa a empresa que não seja a dispensa destes e uso do valor em caixa para pagamento tempestivo e correto de todas as verbas rescisórias devidas. Situações especificas como a de funcionários que não possuíam os requisitos necessários para habilitação no programa de seguro desemprego estão sendo tratadas de forma pontual, com a atenção que o caso merece, e sendo prestado auxílio que atenuem as necessidades”, relatou a assessoria do cantor para a coluna da Fábia Oliveira.

Como aglomerações de pessoas está proibido, a cantora Solange Almeida entrará em um acordo com seus músicos para um desligamento temporário. “Vão dar baixa nas carteiras e pagar o valor dos direitos trabalhistas para que os músicos fiquem assistidos até que essa fase passe”, informa a assessoria da cantora, que acredita que o cenário da música deve ser um dos últimos setores a retomar as funções. O previsto é que o mercado volte a melhorar entre agosto e setembro.

Veja também:

Freddie Mercury amputou um pé em sua batalha contra a AIDS

Márcia Felipe Felipe também encerrou contrato com todos os seus músicos e vai recontratá-los depois que a quarentena passar. “O jurídico informou que foi conversado com cada um para decidirem o que queriam. Uns optaram pela MP do governo (Medida Provisória referente aos assalariados) e outros por acordos. Ao todo, 47 funcionários optaram pelo acordo de receber os direitos como FGTS, seguro desemprego por cinco meses, mais a rescisão, e os outros três optaram pela MP. Quando tudo voltar normal, os 47 terão seus empregos de volta”, declarou Rod Bala, marido e empresário de Márcia.

O sertanejo Wesley Safadão decidiu não desligar seus músicos, mas optou reduzir os salários para conduzir arcar nesse período de isolamento social. “Se fez necessária a adoção de medidas que viabilizassem uma ajuda a todos os seus funcionários (mais de 80), considerando para isso fatores como o tempo em que deve estar com suas atividades suspensas e consequentemente sem faturamento, bem como prestar um auxílio que seja suficiente para que funcionários e prestadores de serviço enfrentem esta crise da forma mais branda possível. Desta forma, diante das opções existentes na legislação trabalhista e aquelas advindas das recentes medidas provisórias, foram consultados funcionários que em sua maioria informavam o desejo de não terem seus contratos de trabalho extintos ou suspensos, diante disto, a empresa entendeu por adotar uma redução parcial do salário, que está prevista na convenção coletiva de trabalho, deixando claro que caso haja situação especifica de algum trabalhador demande uma ajuda maior, será prestada esta ajuda. Registra-se que tal medida foi adotada em conjunto com os funcionários, visando a preservação de empregos”, informou a assessoria do cantor.

A assessoria do cantor Xand Avião afirmou que o artista não irá reduzir salário e nem desligar seus funcionários, pois já trabalhava com uma equipe reduzida.