Wesley Safadão é acusado de desvio de doações arrecadadas em live e se defende

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sertanejo Wesley Safadão foi acusado de desviar doações para a conta de um familiar. O cantor usou o Instagram para rebater as acusações, explicando que a empresa Bilhete Certo, plataforma no qual já trabalha há vários anos, está ajudando nas doações.

Safadão
afirma que a empresa não está ganhando, financeiramente, nada com o trabalho executado.
“Todo o valor arrecadado foi convertido em cestas básicas”, afirma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor pediu
nos stories para os internautas não lerem apenas os títulos das matérias, mas
também, procurarem entender como funciona todo o processo do projeto. Ele
também afirmou que todas as informações sobre as contribuições estão
disponíveis no site da W Solidário.

A equipe do cantor realizou uma auditoria e afirmou ter arrecadado 367 mil toneladas de alimentos, 93 mil máscaras, 50 exames de mamografia, 7,3 mil litros de água, 15 mil litros de iogurte, 49,1 mil litros de álcool gel. O valor arrecadado em dinheiro foi convertido em cestas básicas, totalizando 18.806 mil.

VEJA TAMBÉM: Irmã gêmea? Garota idêntica à Anitta viraliza na web e ganha milhares de seguidores

As doações
foram destinadas para mais de 14 estados do Brasil como já havia divulgado o
cantor. Entre eles: Ceará, Pará, Amazonas, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba,
Sergipe, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Roraima, Pernambuco, São Paulo e
Maranhão.

A próxima transmissão
do cantor intitulada “WS Sunset”, será feito diretamente do haras do cantor, em
Aracoiaba, no Ceará, no dia 17 de maio às 16 horas e transmitido pelo canal oficial
de Wesley no Youtube, além de ter participação especial do grupo Raça
Negra. Na última live, Wesley Safadão cantou mais de 10 horas seguidas. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio