“Todo mundo sabe que o Bolsonaro é um bosta”, provoca Whindersson Nunes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na madrugada deste sábado (6), Whindersson Nunes participou do programa “Conversa com Bial”, na Rede Globo, para falar sobre a música “Girassol”, que escreveu após perder um amigo e se tornou um grande sucesso na voz da cantora gospel Priscilla Alcantara. Porém, o passado religioso do artista também entrou em discussão.

“Eu era um cara que era fã do Silas Malafaia e do Marco Feliciano”, relembrou Whindersson sobre a sua fase devoto que durou até os 18 anos. “Eu era evangélico e ia com o meu amigo [na igreja] em Bom Jesus, no Piauí. Esses caras eram as referências, saca?”, disse ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Na época, não tinha essa parada de política ainda e de envolvimento, e como eu era um adolescente que queria ter Jesus na minha vida, eu assistia a essas pessoas que eram ídolos para mim e absorvia tudo o que eles falavam”, contou o humorista de 25 anos que, segundo ele, nunca perdeu sua intimidade com Deus.

Com mais de 30 milhões de visualizações no Youtube, a canção “Girassol” se tornou um verdadeiro hit entre os adolescentes. Um sucesso que nasceu dos sofrimentos e do luto de Whindersson que, após perder um amigo no ano passado, compôs a canção.

VEJA TAMBÉM: Manchas do pênis de Michael Jackson teriam sido descritas por suposta vítima de pedofilia

“Quando escrevi ‘Girassol’, eu estava no pior momento da minha vida e ainda perdi um amigo”, recordou ele, e continuou: “Fiquei com raiva de Deus, e não tenho medo de dizer isso porque me resolvo com ele, mas, logo depois eu comecei a organizar os pensamentos e coloquei no papel tudo o que eu estava sentindo. Foi quando escrevi a letra em cinco minutos”.

Priscilla, que interpreta a música, também participou do programa. “‘Girassol’ me deu esperança e me renovou, não somente na minha alma quanto pessoa, mas também como artista”, disse a cantora, apresentadora e atriz de 23 anos.

“É uma música que não teve nenhuma divulgação, que foi lançada de surpresa e iniciou no Top 5 das mais tocadas no Brasil com quase 1 milhão de plays em 24 horas. Raros artistas do nosso país conseguem fazer isso e nós conseguimos sozinhos”, comemorou Priscilla.

Recentemente, o também youtuber Felipe Neto criticou Whindersson por não se posicionar politicamente, e Pedro Bial trouxe o assunto para a entrevista.

Curto e objetivo, Whindersson rebateu: “Que o Bolsonaro é um bosta, todo mundo já sabe e eu não preciso ficar repetindo isso. Não vou ficar falando isso e quem quiser acreditar, que acredite, e quem não quiser, assiste aos meus vídeos e atura”.

https://twitter.com/EuSouDesse/status/1269133923369566209
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio