Whitney Houston estava drogada horas antes do seu casamento com Bobby Brown

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O casamento de Whitney Houston e Bobby Brown aconteceu no dia 18 de julho de 1992. Entretanto, o momento não foi tão romântico e puro quanto se esperaria que fosse no dia mais especial de um casal. Em sua autobiografia, Brown conta que Whitney estava totalmente drogada antes da cerimônia.

O cantor do Rock Wit’cha e a cantora de I Have Nothing, que infelizmente morreu em 2012, se conheceram enquanto participavam do Soul Train Awards em 1989. Após o encontro, Whitney convidou Bobby para sua festa de 26 anos e depois se tornaram um casal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Três anos depois, eles se casaram na mansão de Houston em Nova Jersey, mas sua união tóxica estava cheia de abuso de drogas e compulsão por álcool, e parece que seu casamento, que terminou 14 anos depois, estava condenado desde o dia em que disseram o sim.

LEIA TAMBÉM: Kevinho defende Mario do TikTok e crítica programa Pânico: “Bando de otário”

Em sua autobiografia intitulada Every Little Step, Bobby alega que viu Whitney consumindo cocaína no grande dia. Ele contou no livro que ele olhou para a cantora pop antes da cerimônia e ficou “chocado” ao vê-la “debruçada cheirando uma linha de cocaína”. Ele também afirma que sua ex-esposa lhe ofereceu um pouco, mas ele se recusou a participar.

Whitney Houston e Bobby Brown (FOTO: Reprodução/ Getty Images)

Bobby foi aberto sobre o uso de drogas ao longo de sua vida e relacionamento com Whitney, mas sempre foi inflexível ao dizer que não tinha nada a ver com os problemas de dependência da cantora. “Fumei maconha, bebi cerveja, mas não, não fui eu quem levou Whitney às drogas. É simplesmente inexplicável como alguém poderia, você sabe, alegar que eu a viciei em drogas“, escreveu.

De acordo com a autobiografia de Brown em 2008, ele compartilhou que acreditava que o casamento dele e de Houston estava infeliz desde o início. Ele culpou o fim do romance deles em suas ‘agendas incompatíveis’, apesar de se manifestar sobre suas próprias infidelidades.

Whitney Houston e Bobby Brown (FOTO: Reprodução/ WireImage)

Um trecho do livro diz: “Acho que nos casamos pelas razões erradas. Agora percebo que Whitney tinha uma agenda diferente da minha. Acredito que a agenda dela era limpar sua imagem, enquanto a minha era para ser amado e ter filhos“, disse. Vale lembrar que a mídia a acusava de ter um relacionamento bissexual com sua assistente. Na situação de Whitney, a única solução era se casar e ter filhos. Isso mataria toda especulação, fosse verdade ou não.

Brown também admitiu suas próprias infidelidades, ao escrever: “As mulheres estão sempre se jogando em você. Eu sou apenas humano, então eu cometia o erro e mordia o gancho às vezes. Deixei a testosterona assumir o controle“, revela.

A morte de Whitney foi um choque ao redor do mundo. Em 11 de fevereiro de 2012, a cantora norte-americana, considerada pela crítica musical como a melhor cantora de todos os tempos, faleceu numa banheira após sofrer as consequências pela última vez do seu habitual consumo de drogas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio