xuxa
A apresentadora Xuxa (FOTO: Reprodução)

Recentemente, Xuxa Meneghel fez uma aparição inédita na Globo ao dar uma entrevista exclusiva para o programa Conversa com Bial, e a presença da loira na emissora tem sido vista como uma reaproximação, já que sua situação na Record é delicada. Durante a live, a apresentadora disse, que não tem expectativa de voltar à Globo, mas se arrepende de ter falado mal de sua antiga casa.

Xuxa participou de uma live no Instagram na noite de sexta-feira (29), com a estilista Martha Medeiros. Ela relatou que sua participação na entrevista com Bial teve bastante repercussão e negou dois rumores: o de que a Record não teria gostado da entrevista e de que ela estaria negociando um retorno à emissora carioca.

“Falaram que a Record ficou chateada por eu ter aparecido no Bial. Não há nenhuma verdade nisso. Não é verdade também que exista alguma conversa [de volta para a Globo]. Tenho grande carinho pelas casas. Se eu falei que estava chateada com a Globo, me arrependo”, declarou.

“Eles me fizeram rainha e fui mimada pela emissora. Se na reta final falei que estava chateada com a Globo, fui mimadinha. Tenho profundo carinho pela Manchete, pela Globo e pela Record. Sempre fui respeitada por todas as casas por onde passei”, continuou Xuxa.

Nos primeiros anos fora da Globo, Xuxa ainda tinha uma certa chateação com a emissora na qual construiu grande parte de sua carreira. No Carnaval de 2017, por exemplo, ela ficou decepcionada ao ver que os cinegrafistas de sua “antiga casa” não lhe filmaram durante um desfile na Sapucaí.

VEJA TAMBÉM: Freddie Mercury teria cheirado cocaína para criar hit mundial com David Bowie

Mas, neste ano, a relação entre Globo e Xuxa melhorou muito. Além do Conversa com Bial, ela apareceu durante uma reprise do Domingão do Faustão, que durante a pandemia do coronavírus tem exibido os melhores momentos do programa.

Durante o isolamento, Xuxa disse que tem se mantido bem informada com notícias e com acontecimentos políticos do país. “Sobre política, não tenho nenhum partido. A gente não merece ser tratado como temos sido tratados. É difícil ver as pessoas morrendo, sendo tratadas como números. Em um momento de pandemia, ver essas fake news é péssimo. Tenho medo que isso acabe em guerra. Fico preocupada que as crianças sofram com violência, assim como mulheres e animais neste período em casa”, lamentou.