xuxa
A apresentadora Xuxa (FOTO: Reprodução)

O apresentador Sikêra Jr. criou uma polêmica envolvendo o nome de Xuxa durante o Alerta Nacional da última sexta (23). Durante cerca de dez minutos, o jornalista acusou a loira de pedofilia e apologia ao uso de drogas.

Pois bem, agora a apresentador resolveu processá-lo. Em sua coluna para a revista Vogue, Xuxa afirmou que vai processar o apresentador Sikêra Júnior por difamação. 

Parece que ele quer ser bastante popular e caricato, uma mistura de palhaço e repórter com uma postura bem forçada, desengonçada e tosca. Na imagem que eu vi ele estava rindo, debochando de um crime, zoofilia. Ao invés do apresentador dizer o quanto isso é errado, ele pede para alguém da sua equipe usar uma máscara de bicho e outra pessoa fazer a cena de estupro. Tudo isso abaixo de muitos risos”, escreveu Xuxa.

O tal senhor, ao invés de ver o erro que fez e se desculpar com as famílias que veem seu programa, começou a me atacar, me chamando de pedófila e ex-rainha. E mais, disse que ensinava crianças a não deixarem ninguém tocá-las em certos lugares do corpo”, comentou ela.

Uma pessoa que coloca em sua atração imagens de um animal sendo violentado e ainda encena ao vivo o horror que o bicho passou sorrindo, dando gargalhadas, passará às crianças e às pessoas que estão vendo que isso é normal ou uma piada. São seres indefesos que são usados por pessoas doentes e ninguém pode fazer disso um show de horrores ou pauta para piada, isso é inadmissível”, continuou ela.

VEJA TAMBÉM: Daniel Cady insinua que “comeria” Ivete Sangalo e cantora reage!

Esse senhor disse que transar com criança é pedofilia e ele tem razão, assim como sexo com animal é zoofilia, ambos crimes. Errou ao dizer que eu fiz, aliás errou muito feio, mas isso é assunto para meus advogados. De qualquer forma, esclarecendo o que eu acredito que ele não saiba, ficção é uma coisa e realidade é outra”, esclareceu.

Há 40 anos, fiz um filme onde interpretei uma menina de 15 anos que foi vendida a um prostíbulo para ser dada de presente a um político. Uma ficção, que retrata o que se passa até hoje na vida de muitas meninas e meninos, não na minha. Muitas crianças, assim como minha personagem, são vendidas e exploradas sexualmente por pessoas que acham que tudo é permitido a seu bel prazer”.

Vale ressaltar que na tarde de ontem (27), a apresentadora reuniu um belo time entre as convidadas da rainhas do baixinhos, estavam Ana Maria Braga, Angélica, Rita Lee, Sasha e mais.

O vídeo se trata de uma resposta da loira para Sikêra Jr, depois dele ter feito uma piada sobre zoofilia, ela reagiu com um emoji vomitando no vídeo em que ele postou em sua rede social.

 “Zoofilia é crime, não é piada“, escreveu a apresentadora, em um post no Instagram. Confira os vídeos:

Relembre o que ele falou:

No início de seu desabafo, Sikêra chegou a dizer até mesmo que era fã de Xuxa. “A ex-rainha, que eu lamentavelmente era muito fã, meu sonho era ir na plateia ver a que se diz rainha. Hoje não dá mais audiência, tá sendo empurrada pra todos os horários. É a que vai lançar um livro LGBT para crianças”, afirmou.

“Essa é a mesma que fez um filme com uma criança. Ela nua, com uma criança de 12 anos. Ex-rainha, eu quero dizer pra você que pedofilia é crime e não prescreve não, tá?”, prosseguiu ele, se referindo ao controverso longa Amor Estranho Amor, em que Xuxa atuou em 1982.

Na sequência, Sikêra Jr. afirmou que a apresentadora está usando o nome que ela criou em décadas de trabalho com o público infantil para “levar a criançada para a safadeza, pra putaria e pra suruba.”

“A tua filha falando que ofereceu maconha pra tu. Isso é coisa que se diga de uma formadora de opinião? E aí? Apologia às drogas também é crime, ex-rainha. A tua lacração que te segue, que eu te seguia, eu era seu fã, e hoje você mudou completamente porque seu público não é o mesmo, você se resume a fazer evento pra uma turminha de lacradores”, pontuou.

Por fim, Sikêra Jr. decidiu se dirigir até mesmo aos executivos da Record, emissora em que Xuxa trabalha há cinco anos. “O teu programa na televisão não decolou. Eu não sei como é que os bispos e pastores ainda concordam”, concluiu ele.