ze neto cristiano
A dupla Zé Neto e Cristiano (FOTO: Reprodução)

Nesta quinta-feira (23), a dupla Zé Neto e Cristiano conversou com a imprensa, por meio de live. Durante o bate-papo, a dupla falou sobre como a pandemia do novo coronavírus afetou a rotina e os negócios. Os sertanejos também falaram que mesmo após a quarentena, pretendem continuar fazendo lives.

Só de olhar a gente já sabe o quanto foi péssimo o mundo em geral e também para o mercado da música. Essa pandemia serviu para separar os homens dos meninos. Muita gente teve que se reinventar e criar novos horizontes. Quando que você ia imaginar que ia ver artista fazendo live para sobreviver? É muito coplicado! Mas mostrou, também, que o ser humano consegue se manter e consegue buscar novos caminhos”, reflete Zé Neto.

LEIA TAMBÉM: Taylor Swift disponibiliza oito capas alternativas do álbum “Folklore”; veja!

Cristiano também contou que mesmo sem a rotina de shows, conseguiram manter os 45 funcionários de sua equipe trabalhando. “A gente tem que fazer de tudo para girar e sobreviver”, diz. “A empresa parada gera gastos e isso é preocupante”, pontua.

Entretanto, para os cantores a pandemia teve um lado bom: o de ficar mais perto da família. Algo que eles não faziam frequentemente, por conta da rotina de shows em diversas cidades do país. Apesar da preocupação com os negócios, a ideia é conseguir passar mais tempo em casa e diminuir o ritmo de trabalho quando a pandemia acabar.

“Aquele ritmo acelerado nunca mais vai voltar. A gente descobriu outro mundo que a gente não tinha vivido ainda, que é de ficar em casa e viver a familia. Eu acho que a gente consegue fazer algumas coisas com certa qualidade. Hoje eu entendo que o menos é mais. Não adianta eu querer correr, abraçar o mundo que eu não vou alcançar objetivo nenhum”, avalia Zé Neto.

Quando o assunto volta para o foco trabalho, Cristiano disse: “Estamos fazendo reuniões, aí, com alguns empresários e vendo o que vai ser feito. Eu estou meio perdido. Infelizmente, a gente tinha planos e acabou acontecendo de outro jeito. Agora, a gente via ter que esperar um pouco mais para poder ver como vai ser a pressão da volta. Uma coisa é certa: parado a gente não fica”.

A live ela vai ficar, sim! Tivemos um surto de lives, que explodiu no começo, e de repente foi dando uma queda. Mas acho que é bem provável que seja um formato que venha para ficar, por que é um conteúdo bacana que fica depois no YouTube

Ouça o álbum completo de Zé Neto e Cristiano, “Por Mais Beijos Ao Vivo”: