Anitta também foi uma das artistas que decidiram se manifestar sobre a menina de 10 anos que engravidou após ser estuprada pelo próprio tio.

Entenda o caso: O UOL noticiou que a criança que engravidou após ter sido estuprada pelo tio, teve o pedido de realização do aborto negado pelo Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam). Após a negativa, a menina viajou para outro estado acompanhada de uma assistente social da Sesa e um parente.

VEJA TAMBÉM: Fernando Zor é criticado na web após opinar sobre garota de 10 anos grávida após estupro

A cantora publicou em seus stories uma postagem feito pelo Twitter “@Keshi” e repostada pelo Quebrando Tabu, onde dizia: “Nós não podemos ser movidos pela indignação. Nós temos que ser diretos: quem vazou esses dados pra Sara “Winter” Giromini? Que rede de criminosos é essa? Como ela FUNCIONA?”.

Sara Giromini é uma extremista de direita que cometeu o crime de vazar dados da criança e informações sobre o local onde ela faria o aborto.

FOTO: Reprodução

Além disso, Anitta também compartilhou duas charge satirizando a postura das pessoas que se dizem “pró-vida” – onde ao mesmo tempo que protestam contra um aborto, negam ajuda a uma criança que já nasceu e também se silenciam diante de uma violência sexual.

FOTO: Reprodução