tico santa cruz
O roqueiro carioca Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas (FOTO: Reprodução)

Na manhã desta sexta-feira (20), Dia Da Consciência Negra, o vídeo de um caso de racismo e agressão contra um homem negro viralizou e gerou revolta na web. O caso também chamou a atenção de Tico Santa Cruz, que além de protestar, decidiu retirar seus produtos que eram comercializados no Carrefour.

Não comprem nada meu no Carrefour – NADA! Atenção Belas Letras retirem meus livros da venda do Carrefour IMEDIATAMENTE!!!”, escreveu Tico em sua conta no Twitter, após ser provocado com um print de sua obra sendo vendida pelo mercado. “Vai aceitar que eles comercializem seus produtos?”, questionou um internauta.

VEJA TAMBÉM: Mano Brown pede boicote à mercado após homem negro ser espancado até a morte

Oi Belas Letras exijo que IMEDIATAMENTE todos os meus livros sejam retirados de venda do Carrefour!!!! Aguardo um posicionamento público da editora o quanto antes ou vou rescindir meu contrato com a Editora! Racismo não é piada”, continuou Tico Santa Cruz.

Esse livro foi lançado alguns anos atrás e não tenho acesso aos locais onde são vendidos, a editora Belas Letras é quem direciona as vendas. Mas diante do fato, ao invés de fazer piada com a morte de uma pessoa negra, estou aqui tomando uma atitude real e respeitosa”, finalizou.

Por fim, o vocalista do Detonautas publicou em seu Instagram uma nota afirmando que a editora irá retirar todos os títulos que pertencem a editora do Carrefou.

“A gente queria falar sobre os negros começando a ocupar os espaços de poder, mas estamos de luto. Enviamos agora à tarde uma circular a todos os nossos distribuidores e parceiros comerciais solicitando que recolham imediatamente todos os livros da Belas Letras que ainda se encontram à venda nas prateleiras físicas e no marketplace do Carrefour.

Manteremos esse posicionamento até que a marca demonstre para a sociedade que está implementando medidas reais para combater o racismo nas suas unidades.