nego do borel
O funkeiro Nego do Borel (FOTO: Reprodução)

Depois de causar polêmica por não comparecer a uma festa de 15 anos, para qual recebeu um cachê de R$60 mil reais, Nego do Borel explicou o caso no programa “Se Joga”.

Fui contratado para fazer um show em São Paulo às 22h e outro no Rio de Janeiro à 1h. Daria tempo para sair do show, pegar o jatinho e chegar em Copacabana, mas o jato não chegou. Fiquei esperando, o pessoal do Rio me ligando, a mãe da menina desesperada, preocupado, chateado, com razão. No meio disso tudo, tem uma empresa que organiza a festa e me contratou. Não consegui ter o contato com a família da menina, mas queria muito me desculpar”, lamentou o funkeiro na atração global desta quarta-feira (15).

Por causa de toda confusão, de acordo com informações do jornal “O Dia”, a família da aniversariante, que pagou R$60 mil reais e mais R$30 mil com gastos extras chegou a mover um processo na Justiça para recuperar os valores.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

No programa, Nego do Borel reforçou seu pedido de desculpas: “Entendo que estejam chateados. Não sei se ela vai assistir (ao programa) ou se a mensagem vai chegar até ela, mas queria aproveitar para me desculpar. Não tive a oportunidade de ter contato direto com a menina e a mãe. Houve contato entre meu escritório e a empresa que me contratou. A gente o tempo todo quis ajudar, mas não teve o contato direto com a família”.

Mesmo tendo saído de sua antiga gravadora recentemente e ver seu nome envolvido em inúmeras polêmicas nos últimos tempos, Nego do Borel segue como um dos maiores nomes da história do funk nacional tendo conquistado feitos que praticamente nenhum outro cantor do gênero ainda conseguiu. Recentemente, vale lembrar, o controverso e polêmico clipe de “Me Solta” foi indicado ao Grammy Latino na categoria  “Melhor Vídeo Musical Versão Curta”.

Já em janeiro de 2018, ao lado de Maluma, Nego do Borel conseguiu entrar no disputadíssimo ranking do Hot 100 da Billboard norte-americana com “Corazón” que é uma versão em espanhol de “Você Partiu Meu Coração”, hit do funkeiro com Anitta e Safadão. O Hot 100 é considerado a principal parada de singles dos Estados Unidos e antes de Nego do Borel somente cinco brasileiros tinham conseguido aparecer por lá: Sérgio Mendes, Corona, Cansei de Ser Sexy, Michel Teló e Claudia Leitte.