beyoncé
A cantora norte-americana Beyoncé (FOTO: Reprodução)

Beyoncé se tornou a mais recente ganhadora do Prêmio Humanitário anual no BET Awards 2020, juntando-se a personalidades reconhecidas mundialmente como Muhammad Ali, Chance the Rapper e Alicia Keys.

Beyoncé foi reconhecida por criar a #IDIDMYPART Mobile Testing Relief Campaign juntamente com sua mãe, Tina Knowles Lawson, numa resposta imediata à pandemia do COVID-19. O movimento possibilita testagens gratuitas para os moradores de sua cidade natal, Houston, Texas, principalmente os cidadãos negros, que provaram ser o grupo étnico mais impactado pelo coronavírus no país.

VEJA TAMBÉM: Mãe de criação de Jojo Todynho morre por causa do novo coronavírus

A iniciativa BeyGOOD de Beyoncé se juntou ao CEO e cofundador do Twitter, Jack Dorsey, e doou US$ 6 milhões para o fornecimento de serviços de bem-estar mental nas capitais de Houston, Nova York, Nova Orleans e Detroit. Além disso, o projeto ajudou em causas como direitos de voto nas eleições e custeio de bolsas de estudos, bem como no Programa Global Citizen Fellowship. A cantora anunciou que os lucros recebidos com seu último single, “Black Parade”, serão destinados a apoiar empresas de pequeno porte e propriedade de negros em necessidade.

Beyoncé dedicou o prêmio a seus “irmãos e irmãs por aí inspirando mudanças” e reforçou a importância do voto dos cidadãos estadunidenses. “Temos que votar como se nossa vida dependesse disso. Porque depende”, disse Beyoncé. “Então, por favor, continue sendo a mudança que queremos ver.”

Assista Michelle Obama apresentar o prêmio à cantora e também como o discurso de agradecimento da artista.