Coletivo de artistas negros do Grammy afirma que premiação foi mais inclusiva

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo com diversas polêmicas sobre um possível caso de racismo nas indicações ao Grammy, um coletivo de artistas negros emitiu uma declaração sobre o progresso de representatividade no Grammy.

Especialmente os indicados negros que representam uma das listas de indicações de artistas negros mais inclusivas em anos. É um ano histórico, pois 10 mulheres negras são indicadas nas quatro categorias principais e mais de 20 negras indicadas estão representadas“, diz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E continua: “Além disso, pela primeira vez, todos os 6 indicados para Melhor Álbum de Rap são artistas negros independentes. Isto é progresso“.

Eles afirmam que o Grammy poderia SIM trazer mais representatividade entre os indicados, mas que estão caminhando no caminho certo para isso.

VEJA TAMBÉM: Ludmilla, Beyoncé, IZA, Emicida e mais: a arte preta contra o racismo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio