john lennon
O cantor John Lennon (FOTO: Reprodução)

O álbum “Double Fantasy” que John Lennon assinou para Mark David Chapman horas antes de Chapman assassiná-lo, está indo para leilão e a intenção é de que valha mais de R$ 10 milhões. Por TMZ.

O pedaço macabro da história do rock ‘n’ roll apresenta a assinatura de Lennon em tinta azul na capa do álbum que possui uma foto de Lennon e Yoko Ono. Ele assinou seu nome no pescoço da imagem de Yoko junto com o ano “1980”.

“Double Fantasy” foi o quinto álbum lançado por John e Yoko, e chegou para o mundo um mês antes de ser baleado e morto em 8 de dezembro de 1980, quando ele estava entrando em sua casa no Dakota em Nova York.

(FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Mano Brown pede boicote à mercado após homem negro ser espancado até a morte

Chapman esperou do lado de fora do prédio com uma cópia do álbum para conseguir o autógrafo de John Lennon por volta das 17:50, quando ele e Yoko estavam a caminho de um estúdio. Chapman ainda estava esperando às 22h50 quando o casal voltou, e atirou em Lennon quatro vezes nas costas.

(FOTO: Reprodução)

Existem outras marcações na frente e no verso do álbum. Essas foram feitas pela aplicação da lei, pois era uma peça-chave de evidência policial da cena do crime. Chapman colocou o álbum em uma das plantadeiras fora do Dakota depois que John Lennon o assinou.

Quando a polícia chegou, Chapman foi encontrado casualmente lendo uma cópia de “O apanhador no campo de centeio” e disse à polícia que matou Lennon porque era muito famoso. 

Este álbum “Double Fantasy” já foi vendido duas vezes no passado – por $ 150k em 1999, e entre $ 600-800k em 2010. Ele será leiloado na segunda-feira na Goldin Auctions, que espera arrecadar tanto quanto R$ 10 MILHÕES.