Eduardo Costa alfineta protestos e compara manifestantes a “bandidos”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O músico mineiro Eduardo Costa resolveu alfinetar os protestos que estão rolando pelo mundo, onde manifestantes reivindicam igualdade no tratamentos aos negros e minorias. Através do Stories do Instagram, o artista publicou umas fotos com supostos excessos e exageros por parte de alguns protestantes.

Em uma das imagens, uma manifestante caucasiana aparece mostrando o dedo do meio para um agente policial preto. Já numa outra imagem, um suposto grupo de protestantes aparece aparentemente depredando e saqueando uma loja enquanto o funcionário do estabelecimento demonstra indignação. Confira o registro publicado pelo músico:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

POLÊMICA COM THAEME

Recentemente, Eduardo aproveitou a exposição histérica na mídia para pedir perdão à cantora Thaeme, da dupla com Thiago por ter dito que iria “transar pensando no bebê da Thaeme”, durante uma live. Chorando o cantor diz ter feito uma brincadeira, já que pensando numa criança bonita, iria conseguir fazer um filho tão bonito quanto.

VEJA TAMBÉM: Após falar que Brumadinho cheira a “corpo e morte”, Eduardo Costa anuncia live com prêmios

“Se a Thaeme estiver me vendo, por favor, você me perdoa. Deus sabe que eu jamais faria isso. Minha maior preocupação é em salvar crianças, fui ali por causa das criancinhas que estão desamparadas”, afirmou. “Quero pedir perdão para a Thaeme e para as pessoas que se sentiram ofendidas. Quero pedir perdão em nome do Leonardo também. Nós somos pessoas de bem, homens de família”, explicou Eduardo Costa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio