Empresário se arrepende de festa na casa de Elba Ramalho: “Pedi desculpas”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira (29), a polícia interrompeu uma festa clandestina com 500 pessoas na casa de Elba Ramalho em Trancoso, na Bahia. O imóvel foi alugado pelo empresário Guilherme Souza, que pretendia passar a virada de ano no local. Mas, após ser duramente criticada, a paraibana decidiu rescindir o contrato de aluguel.

Para o veículo Notícias F5, o empresário revelou que já está saindo da casa e contou que não planejava reunir tanta gente: “Era apenas para os hóspedes da casa, mas tomou proporções gigantescas”, alegou. “Estou arrependido e pedi desculpas à Elba”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã de quarta-feira, Elba Ramalho foi às redes sociais esclarecer que foi a responsável pela festa e não sabia que ela estava acontecendo.

“É de praxe, todos os anos a gente aluga. Eu não sabia que na casa estava tendo uma festa nessa proporção como aconteceu. No momento, eu estava na missa, fazendo a minha leitura, rezando meu terço, depois fiquei com algumas amigas conversando. Fui comer um sanduíche vegano porque estava com fome e comecei a receber um montão de mensagens e ler as notícias e fui tentando digerir tudo isso”

VEJA MAIS: Outro membro dos Beatles quase morreu assassinado por um maluco

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio