Estilista afirma que Marilyn Manson apontou uma arma para sua cabeça

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após as acusações de abuso da atriz Evan Rachel Wood, a artista e estilista transexual Love Bailey também expôs um episódio violento que viveu com Marilyn Manson. Ela afirma que, em 2011, o músico apontou uma arma para a sua cabeça.

Tudo teria acontecido na mansão de Manson, durante uma sessão de fotos com ele a atriz Paz de la Huerta. Bailey alega que foi chamada ao quarto do astro e percebeu que ele e a atriz tinham acabado de fazer sexo, mas Paz parecia dopada, cambaleante.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao tentar ajudar a famosa, Marilyn Manson a ameaçou com uma arma:

“Uma grande [pistola] Glock, uma Glock de metal, não uma arma de brinquedo. Ele colocou isso direto na minha testa e disse: ‘Eu não gosto de bichas’. Então ele riu, em um tom agressivo.”.

A estilista ainda continuou: “Me lembro de pensar ‘Oh, meu Deus, vou morrer?’. Me senti indefesa e chocada. Estava num estado em que só me perguntava ‘ele não é famoso demais para me matar?’”.

VEJA MAIS: The Weeknd comemora o Mês da História Negra com atitude nobre; descubra!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio