Freddie Mercury esnobou Erasmo Carlos, Elba Ramalho e Ney no Rock In Rio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vice-presidente do Rock In Rio, Roberta Medina, participou do podcast da Blitz e relembrou quando Freddie Mercury se apresentou com o Queen na primeira edição do evento, realizado em 1985.

VEJA TAMBÉM: Áudios de Anitta sobre Iggy Azalea, Preta Gil, Ludmilla e Simaria vazam na web

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Freddie Mercury era super estrela, mega. Ele não queria que os artistas brasileiros, que eram super desconsiderados na época – o mercado brasileiro na época não recebia muitas turnês, estava tudo isolado, foi no Rock in Rio que o mercado se abriu pro exterior. E tem uma história que ele queria passar pelo corredor dos camarins sem que os brasileiros ficassem vendo ele passar, estavam todos deslumbrados de terem ele lá. Então ele obrigou todo mundo a se fechar (nos seus camarins). Os brasileiros ficaram super ofendidos, entraram no camarim dele e destruíram tudo, fazendo malcriação, só porque ele passou com aquela soberba absoluta“, conta Roberta.

Segundo relatos, nos bastidores, Freddie implicou com Ney Matogrosso, Elba Ramalho e Erasmo Carlos, pois estavam no mesmo corredor de camarins que ele estava usando. Virou para Amin Khader (responsável pela recepção do artista no evento) e perguntou:

Quem são essas pessoas que estão aí?”

Khader respondeu:

São artistas brasileiros do mesmo gabarito que o seu.”

Freddie retrucou:

Não são, porque eles me conhecem, e eu não os conheço. Você tem cinco minutos para tirar todos de lá, senão, meus seguranças farão isso!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio