Integrante do Queen diz não querer continuação de Bohemian Rhapsody

Baterista do Queen afirma que segundo filme sobre a banda não é algo que deseja ver agora

Publicado em 5/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O filme biográfico sobre o Queen que leva título de um dos maiores lançamentos da banda Bohemian Rhapsody é com certeza o maior sucesso cinematográfico sobre uma banda ou artista. Segundo a Music News, a produção rende £100 mil (cerca de R$ 700 mil) por dia aos integrantes do grupo musical.

Baterista da banda de grande sucesso Queen. (FOTO: Reprodução)

Entretanto, Roger Taylor afirma não querer ver uma sequência da obra. “No momento, não é algo que eu gostaria de ver,” afirmou o artista em entrevista ao site Express UK. “Não acho que seja uma boa ideia. Só porque Bohemian Rhapsody obteve sucesso, não acho deva fazer necessariamente uma parte dois.” concluiu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Membro do Queen fala sobre Freddie Mercury: “Inseguro”

Em relação ao mesmo assunto, Roger disse: “Eu acho que [continuação de filmes] só funcionou realmente uma vez com O Poderoso Chefão.” Finalizou o baterista do Queen: “Acho que contamos uma história realmente boa e não gostaria que pensassem em fazer uma parte dois apenas para ganhar dinheiro. Então, agora, não.” Bohemian Rhapsody conta com a interpretação do ator Rami Malek como Freddie Mercury e venceu quatro estatuetas do Oscar 2019, obtendo um lucro £ 700 milhões (R$ 4,8 bilhões) nas bilheterias de todo o mundo e continua sendo um grande sucesso nos serviços de streaming.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio