Juiz nega pedido de Britney Spears para tirar seu pai de tutela

O depoimento emocionante de Brit disse que seu pai é extremamente abusivo

Publicado em 1/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O pai de Britney Spears, Jamie Spears, permanecerá em sua tutela, depois que um juiz negou o pedido da cantora para removê-lo. De acordo com a Variety, um juiz negou o pedido da princesa do pop para remover seu pai como seu único tutor.

Os documentos judiciais que foram apresentados pelo Tribunal Superior de Los Angeles na quarta-feira (30 de junho) revelaram que o juiz negou o pedido apresentado pelo advogado da cantora.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O pedido para suspender James P. Spears imediatamente após a nomeação da Bessemer Trust Company da Califórnia como único tutor de bens é negado sem prejuízo”, afirmam os documentos.

VEJA TAMBÉM: Ex de Biel culpa mãe do cantor por seu comportamento: “Sinto pelo que sua mãe fez com você com apenas 13 anos”

O Sr. Ingham primeiro pediu a remoção de Jamie no final do ano passado, e afirmou que Britney estava “com medo de seu pai” e se recusaria a se apresentar novamente, se seu pai continuasse no comando de sua carreira.

Naquela época, a juíza Brenda Penny se recusou a suspender seu pai da tutela, embora não tenha descartado futuras petições para sua remoção ou suspensão. Além disso, na época, o juiz nomeou a empresa financeira Bessemer Trust como co-tutora.

Os documentos foram assinados pela juíza Brenda Penny hoje, apenas uma semana após o testemunho de Britney , onde ela revelou que sua tutela era “abusiva”.

No início desta semana, a equipe de Britney Spears fez a moção para encerrar sua tutela de 13 anos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio