Louis Tomlinson sai da gravadora de Simon Cowell e fãs comemoram

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Louis Tomlinson deixou a gravadora de Simon Cowell, Syco, depois de uma década trabalhando juntos. O ex-astro do One Direction, chegou a um acordo mútuo com a empresa nesta semana, cinco meses após o lançamento de seu álbum de estréia.

Um especialista em música disse ao The Sun: “Louis Tomlinson e sua equipe sentiram que chegaram ao fim de seu relacionamento com o Syco e Simon. Eles concordaram mutuamente que ele poderia sair e os detalhes técnicos foram resolvidos nesta semana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Louis tem trabalhado em novas músicas nos últimos meses, uma vez que se tornou mundial, está ansioso pelo próximo [passo]”.

LEIA TAMBÉM: Segundo a polícia, corpo de Naya Rivera pode ‘nunca ser encontrado’

Anunciando a notícia no Twitter esta noite, Louis Tomlinson escreveu: “Olá pessoal, Só queria que vocês soubessem que a Syco Music e eu concordamos em nos separar. Estou realmente empolgado com o futuro e estar de volta ao estúdio trabalhando no meu próximo álbum. Mal posso esperar para ver todos vocês em turnê! Fique seguro e até breve, Louis x

É o fim de um relacionamento de uma década entre Simon e Louis. O cantor o conheceu em 2010 enquanto estava no The X Factor com o One Direction.

O grupo assinou contrato com a Syco no ano seguinte e lançou cinco álbuns, se tornando os mais vendidos com Simon.

No entanto, Louis tinha sido o único membro remanescente do One Direction que havia assinado novamente com a Syco como artista solo. Ele também trabalhou ao lado de Simon como jurado no The X Factor em 2018.

Sua música recebeu 1,5 bilhão de streams e seu álbum solo Walls, lançado em janeiro, é o terceiro álbum de estreia mais vendido de 2020 até agora, no Reino Unido.

No início deste ano, seu ex-companheiro de banda Liam Payne havia provocado os fãs afirmando que o 1D planejava algo especial para marcar o décimo aniversário de sua formação, que será em 23 de julho.

No entanto, Niall Horan confirmou desde então que não haverá uma reunião este ano. Perguntado se eles voltariam para a ocasião, ele disse: “Nós conversamos sobre isso, pequenos detalhes que podemos fazer, mas nada em termos de reunir a banda novamente, por enquanto, não.”

Internautas celebraram o fim da parceria entre os dois famosos. Veja a reação de alguns fãs após o anúncio:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio