Mãe de Nicki Minaj conta como os filhos a ajudaram a escapar de marido abusivo

Publicado em 2/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A mãe de Nicki Minaj, Carol Maraj, está refletindo se abriu sobre seu casamento turbulento com o pai da rapper, Robert, e como ela sobreviveu à violência doméstica.

Em uma entrevista ao Hollywood Life para falar sobre seu livro, “Leaving My Pain” [Deixando minha dor”, em tradução livre], Carol Maraj, de 61 anos, revela que temia que o relacionamento impactasse negativamente seus três filhos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Um filho que vê o pai sendo abusivo com a mãe vai crescer e achar que é normal. E ele faz isso com a garota e ele é o controlador ”, diz Carol, que tem dois filhos, Jelani , 42, e Micaiah , 23, além de Nicki, 38 anos.

“E aí a filha, ela vê a mãe sendo submissa e aguentando um monte dessas coisas e ela pensa que talvez esteja tudo bem e ela se apaixona pelo mesmo tipo de homem. Uma grande porcentagem de lares se enquadra nessa posição. Os filhos seguem seus pais. Isso acontece. Sempre me preocupei com isso; que eles fariam a mesma coisa que seu pai fez.”

Carol também afirma que Nicki Minaj questionou por que sua mãe deixou Robert tratá-la daquela maneira. “Mesmo quando adolescente, minha filha dizia: ‘Por que ele está fazendo isso com você?’”, conta ela. “Então, eles olham para você de forma diferente quando a vêem apenas sendo passivo ou apenas aguentando as coisas ou orando ou apenas agindo como se não fosse nada. Mas eles olham para você como uma pessoa forte quando você se levanta e faz algo a respeito ”.

Em “Leaving My Pain”, além de relatar suas memórias, Carol oferece um guia de autoajuda com conselhos e inspiração para outras vítimas, dizendo como reconhecer o abuso e dar os passos para ir embora.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Jão e Mateus Carrilho detonam Patrícia Abravanel após fala homofóbica no SBT

No livro, Carol – que nasceu na ilha caribenha de Trinidad – descreve um terrível incidente em 31 de dezembro de 1989, quando ela diz que Robert bateu nela e a arrastou de seu carro. Naquela noite, ela diz que sofreu uma “chuva de pancadas” na “cabeça e no rosto”. “Depois de um tempo, tudo parecia entorpecido”, escreve ela, “senti sangue escorrendo pelo meu rosto, meu nariz estava sangrando e eu estava em estado de choque com tantas pancadas na cabeça”.

Demorou mais de uma década para ela sair, mas Carol diz que finalmente aproveitou a oportunidade para escapar quando Robert estava na reabilitação. “Eles o mandaram para longe por um tempo, para conseguir ajuda e outras coisas. Ele ficou longe de mim por alguns anos no início e eu fiquei sozinha com meus filhos. Então, consegui minha própria casinha e foi isso ”, diz a mãe de Nicki Minaj.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio