Mano Brown relembra morte do amigo Chorão: “Morri junto com ele”

Publicado em 15/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de torcedores devotos do Santos, os músicos Mano Brown e Chorão, entraram pra histórica ocmo dois grandes ícones da música brasileira. O que pouca gente sabe é que os dois artistas chegaram a se conhecer. Mano Brown relembrou como isso aconteceu numa entrevista publicada pelo site RapMais e também mencionou todo o carinho que recebeu do colega de profissão.

Eu conheci o Chorão na premiação da MTV em 1998. Eu só o conhecia pela televisão, e aí de uma hora pra outra ele me aparece ajoelhado no meu joelho — eu sentado — e ele tira uma corrente do pescoço e meu deu, falando assim, ‘Eu amo você, comecei a cantar por sua causa’. Ele falou coisas assim pra mim. ‘Comecei a cantar por sua causa, te amo de paixão, te adoro, pega minha corrente e saiba que eu te amo’ e tal”, revelou Mano Brown.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

“Na vida a gente se viu poucas vezes, cara, mas sempre muito intenso. Ele era um cara intenso. Aquele abraço apertado, aquele olhar fixado no olho, buscando a alma. Ele tinha esse lance. [Era] um cara verdadeiro. Infelizmente ele foi muito cedo… Na época que o Chorão morreu, eu tava com problemas na minha vida pessoal e eu me identifiquei muito com ele, naquela forma que ele morreu ali. De uma certa forma, naquele dia eu morri junto com ele, eu me vi junto com ele”, exclamou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio