kanye west
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

O rapper Kanye West, 43, entrou com um requerimento na Comissão Federal de Eleições dos Estados Unidos. A ação é um pré-requisito para quem se candidatar à presidência do país. As informações contradizem o que chegou a ser noticiado em veículos mundiais através de um membro da equipe de campanha de West, Steve Kramer. O funcionário teria dito ao Intelligencer da New York Magazine que o rapper não disputaria mais a eleição.

De acordo com o site TMZ, Kanye preencheu o primeiro formulário exigido pelo FEC para se candidatar à presidência – Formulário 1: Declaração de Organização – declarando que o comitê Kanye 2020 servirá como o ‘Comitê Principal de Campanha’ com West como candidato. Ele também declarou que estará concorrendo como terceiro candidato ao partido BDY – que significa Festa de Aniversário (Birthday, em inglês).

Mas Kanye ainda não apresentou o Formulário 2: Declaração de candidatura – que mostra que ele “levantou ou gastou mais de US $ 5.000 em atividades de campanha” e aciona o status de candidatura sob a lei federal de financiamento de campanhas.

(FOTO: TMZ)

No início do mês, o rapper fez o anúncio no Twitter: “Agora precisamos cumprir a promessa da América confiando em Deus, unificando nossa visão e construindo nosso futuro”, escreveu West. Inicialmente, West obteve apoio de usuários de redes sociais, incluindo o empresário bilionário Elon Musk. O rapper afirmou mais tarde que Musk seria nomeado “chefe do nosso programa espacial” sob sua presidência.

A campanha presidencial de Kanye West atingiu um obstáculo quase imediatamente, quando foi revelado que ele já havia perdido o prazo de inscrição de eleitores em seis estados distintos. Apesar disso, West continuou a fazer campanha por melhores condições de empregos, dizendo à Forbes que “se eu ganhar em 2020, então foi a nomeação de Deus”.

A candidatura presidencial do rapper também surpreendeu alguns dos seus colegas do mundo da música. Katy Perry chamou a decisão de West de “um pouco louca”, enquanto Will.i.am opinou que a presidência é “uma coisa perigosa de se brincar”. Elon Musk também renegou seu apoio a West após a entrevista polêmica do rapper com a Forbes onde ele criticou Trump, Biden e vacinas de doenças.

Ontem (14 de julho), uma pesquisa presidencial nos EUA revelou que Kanye West teve o apoio de somente 2% dos eleitores. 

Fora de suas aspirações presidenciais, West lançou um novo single, intitulado ‘Donda’, no início desta semana (13 de julho). A música é uma homenagem à falecida mãe de West, que morreu em 2007.