george michael
O cantor britânico George Michael (FOTO: Reprodução)

Segundo informa o tabloide britânico The Sun, a mansão onde George Michael viveu seus últimos dias de vida foi vendida por £19 milhões (aproximadamente R$ 130 milhões) – mais do que o dobro do que ele pagou.

A propriedade foi vendida pelo pai do artista depois que foi deixada para ele como herança. Os novos moradores são o casal de empresários Stephen Cameron e Clare Susan Harrison.

Depois que George Michael morreu de complicações cardíacas e hepáticas em 2016, os fãs chegaram até a criar um santuário do lado de fora da propriedade, mas ele foi removido em 2018.

A mansão fica localizada em Highgate, no norte de Londres. Recentemente, a herança de George virou assunto por conta de um ex-namorado do cantor estava exigindo R$100 mil de pensão.

VEJA TAMBÉM: Adam Lambert se torna o primeiro gay a chegar ao topo das paradas dos EUA e Reino Unido

Enquanto eles estavam juntos, o astro supostamente pagava ao ex uma mesada mensal. Atualmente, ele alega que ainda depende desse dinheiro, depois de desistir de sua carreira pelo artista.

Uma fonte disse ao The Sun que as pessoas da família “estavam zangadas com isso e acham que Kenny está sendo cruel e desrespeitoso”.

Eles acham que – se George realmente significasse algo para ele – ele o deixaria descansar em paz em vez de tentar arrastar seu nome pelos tribunais”.

Casa de George Michael (FOTO: Reprodução)