Tamanho é documento? Gusttavo Lima faz revelação sobre seu pênis

Publicado em 02/10/2021 21:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gusttavo Lima e Zé Vaqueiro se uniram na live Rally do Embaixador, que aconteceu na noite de sábado (10 de julho). Além de apresentar inúmeros hits, os sertanejos protagonizaram momentos divertidos durante a transmissão.

Em determinado momento, ao falar sobre o clima frio no país, Gusttavo Lima acabou fazendo uma revelação íntima. “Em Goiânia também tá frio, essa noite lá em casa fez 8 ou 7 graus”, começou o sertanejo. “Já é pequeno, imagina no frio…”, disparou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A live contou com uma rally de carros. Enquanto os artistas cantavam, alguns carros ficaram rodando e fazendo manobras.

Assista:

(Foto: Reprodução)

“O Gusttavo já tinha anunciado que não ia fazer mais nenhuma live este ano para poder focar em sua turnê nos Estados Unidos e novos trabalhos. Nós conversamos e eu falei que ele deveria fazer sua última live na capital de nosso país, que representa todos os nossos estados e cultura”, revela Felipe Cardoso, diretor da Nara Mitsubishi Brasília e responsável pelo convite ao Embaixador.

VEJA MAIS: Emocionada, Taylor Swift se declara aos fãs após retornar para o topo da Billboard 200

Após defender cloroquina, Gusttavo Lima não descarta tomar vacina nos EUA

Gusttavo Lima é, sem dúvidas, um dos cantores mais populares do Brasil. Mas agora, o ‘Embaixador’ está pronto para levar seus hits para os Estados Unidos. Recentemente o sertanejo fez uma publicação em seu Instagram oficial, onde anunciou as datas de sua turnê nos EUA, que vai acontecer ainda este ano. Com isso, a jornalista Mari Monts, do Splash (UOL), conversou com o cantor para saber todos os detalhes.

“Confesso que estou contando os dias. Acredito que a expectativa não poderia ser maior. Só Deus sabe a saudade que estou de voltar aos palcos e sentir a alegria e a energia do público.”, revelou ele. Sobre a vacina, vale ressaltar que o cantor já defendeu o uso da cloroquina, contudo, não descartou se vacinar nos EUA: “Não sabemos como as coisas estarão daqui até o mês de agosto, mas, se houver a oportunidade de tomarmos a vacina, iremos analisar, com toda a certeza.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio